Ponte da Barca, Capital das Rusgas Populares

A noite das Rusgas Populares é uma tradição que conta já mais de cem anos. Sempre a 23 de agosto, o momento alto dos festejos, nesta vila minhota, os grupos que se formam são os protagonistas da noite dedicada às danças e cantares populares, naquela que é, por excelência, a capital das rusgas populares. Através das concertinas, dos bombos, dos cavaquinhos e outros instrumentos tradicionais, as rusgas, que já há muitos anos contam com a participação de mais de 80 rusgas vindas de todo o país, desfilam, formam-se rodas de tocadores, dança-se o vira e canta-se à desgarrada em plena rua, com uma passagem pelo palco instalado na Praça da República.

 

Regulamento
Exibição das Rusgas de São Bartolomeu

Artigo Primeiro

A exibição das rusgas de São Bartolomeu, integrada na secular e afamada romaria com o mesmo nome, constitui, pela sua espontaneidade e tradição, um dos momentos altos de expressão e afirmação da cultura popular no norte de Portugal.

Artigo Segundo

Poderão participar nesta exibição os grupos que assim se constituam para o efeito, desde que cumpram com o presente regulamento.

Artigo Terceiro

Os grupos deverão sair da Capela de São Bartolomeu de onde partem para o desfile pelos vários pontos obrigatórios. Neste ponto será entregue a credencial de participação.

Artigo Quarto

Saindo da Capela de São Bartolomeu, as rusgas deverão desfilar pelas ruas da vila, passando obrigatoriamente pelos pontos situados na Capela de Santo António, Câmara Municipal, Jardim dos Poetas, Praça Fernão Magalhães (Tasquinhas) e com destino final o palco da Praça da República.

Artigo Quinto

Em cada um dos pontos obrigatórios será confirmada a presença das rusgas na credencial.

Artigo Sexto

A partir das 23h30, deverão as rusgas concentrar-se na Praça da República onde atuarão (com subida ao palco) durante 3 minutos para observação pelo Júri. As rusgas que apresentem comprovativo da passagem por todos os pontos obrigatórios será entregue uma merenda.

Artigo Sétimo

Todos os casos omissos ou não previstos no presente Regulamento serão decididos pela Associação Concelhia das Festas São Bartolomeu.